Trabalhadores de 46 cidades podem sacar até R$ 6.220 do FGTS por causa de calamidades naturais

Você mora em uma cidade atingida por desastres naturais da região Sul do país? Veja como solicitar o benefício pelo aplicativo do FGTS e sacar o dinheiro.

Escrito por Redação
2 min de leitura
Aplicativo do FGTS. (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Trabalhadores residentes em 46 cidades do Sul do Brasil, recentemente afetadas por desastres naturais, agora têm a oportunidade de sacar uma parte do saldo do seu Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O valor que pode ser sacado é de até R$ 6.220 por pessoa, e o prazo para solicitação varia de acordo com a cidade.

O saque-calamidade é uma opção do FGTS destinada a auxiliar trabalhadores que passam por dificuldades financeiras devido a emergências ou estados de calamidade pública. Este tipo de saque pode ser realizado uma vez a cada 12 meses, desde que haja saldo disponível no fundo do trabalhador.

Para solicitar o saque-calamidade, os trabalhadores devem acessar o aplicativo do FGTS e seguir as instruções fornecidas. É necessário enviar documentos que comprovem a residência na cidade afetada e aguardar a análise da Caixa Econômica Federal. Se a solicitação for aprovada, o dinheiro será depositado na conta bancária do trabalhador ou poderá ser retirado pessoalmente.

Algumas das cidades que liberaram o saque-calamidade incluem Cascavel, Coronel Domingos Soares, Pinhão e União da Vitória, no Paraná; Arroio do Meio, Bento Gonçalves e Colinas, no Rio Grande do Sul; e Blumenau, Lontras e Mafra, em Santa Catarina. A lista completa de cidades e os prazos correspondentes podem ser encontrados no site da Caixa.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Compartilhe este artigo
Deixe um comentário