no ,

Descubra como financiar um imóvel; tire suas dúvidas

casal feliz na casa nova
casal feliz na casa nova

Como a maioria dos imóveis apresentam preços muito altos, fora da realidade de muitos brasileiros, esses optam pelo financiamento, onde podem pagar pequenas parcelas até quitar o valor total do imóvel.

Muitos já ouviram falar em financiamento, mas na prática, o que é financiamento?

Financiamento nada mais é que uma operação financeira em que a parte financiadora, normalmente uma instituição financeira, fornece recursos para outra parte que está sendo financiada, de modo que esta possa executar algum investimento específico previamente acordado.

Ao contrário do empréstimo, os recursos do financiamento precisam necessariamente ser investidos do modo acordado em contrato.

A financiadora, então, pode cobrar ou não, juros sobre o valor financiado de acordo com o valor e o tempo de pagamento, ou mesmo não realizar a cobrança do valor financiado em caso de financiamentos não-reembolsáveis.

Para financiar um imóvel, é preciso seguir alguns requisitos, como:

  • O indivíduo deve ser maior de 18 anos;
  • Não deve ter restrições de crédito (em órgãos como SPC e SERASA);
  • Ter uma renda mensal e os meios de comprová-la;
  • Escolher um imóvel novo ou usado;
  • Decidir se o financiamento será pago por uma única pessoa, ou será em conjunto (com o cônjuge, por exemplo).

Cumpridas essas primeiras exigências, pode-se fazer a simulação das parcelas do financiamento, que pode ser no próprio site da instituição financeira, que vai mostrar o valor das parcelas mensais a serem pagas e as taxas de juros aplicadas.

Logo após essa etapa, é preciso comparecer em um banco ou financeira. A fim de conferir se de fato o financiamento será aprovado.

A instituição financeira irá solicitar a avaliação do imóvel que deseja adquirir para mensurar o seu valor em dinheiro, considerando as melhorias feitas no local, se a casa ou apartamento é novo ou usado. Esse processo pode demorar aproximadamente 15 dias.

O valor das parcelas a quem está financiando um imóvel não poderá ultrapassar 30% de sua renda mensal. Lembrando que existem outras despesas a serem pagas como: água, luz, telefone, aluguel, e etc. Essa parte é de extrema importância ao banco na hora de avaliar o crédito.

Os financiamentos para compra de casa ou apartamento novo ou usado podem ser realizados com a utilização de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ou do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). Há ainda a opção de financiamento direto com a construtora.

Existem também outros tipos de financiamentos, ao mais comuns são:

CDC (Crédito Direito ao Consumidor): quando o consumidor recebe o valor emprestado e paga aos poucos de maneira periódica.

Leasing: a empresa financiadora fica com o objeto de compra em seu nome e só repassa ao cliente final de maneira oficial após o pagamento total do valor emprestado

Consórcio: O Consórcio é um tipo financiamento que geralmente não é cobrado juros. Bastante popular para aqueles que tem interesse em adquirir um bem a longo prazo. Pois, nesta modalidade o usuário só irá possuir o bem quando ele terminar de pagar a sua dívida.

banco inter vs nubank

Qual o melhor Banco digital? Banco Inter x Nubank

corretor de bolsa de valores

Qual o procedimento para investir na Bolsa de Valores?